Welcome friends from all over the world!
Eu que não quero ficar sentado no trono de um apartamento com a boca escancarada cheia de dentes esperando a morte chegar...

Um discurso jogado ao vento

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Sim, não é de hoje que coisas esquisitas acontecem, mas não, não só coisas esquisitas estão acontecendo, mas absurdas. O homem parou ao mesmo tempo em que acelera sem limites, desde sempre o homem participou de grandes aprendizagens isso possibilitou certas experiências que trouxeram descobertas e que geraram invenções, porem vivemos em um tempo e repito citando Bauman, Um tempo Liquido.


Domínio do fogo, a roda, Newton com a gravidade, a eletricidade, lâmpada, avião, Telefone, motores, Vacinas e analgésicos, descoberta do átomo, o carro, rádios e televisores, enfim o homem conseguiu passar os tempos deixando legados para gerações posteriores, e não são simples legados, mas sim invenções e descobertas que facilitam as coisas, porem nós extrapolamos e achamos que tudo, mas tudo mesmo tem que vir e ser dado de mão beijada, se possível não iríamos ao banheiro fazer coco, com o passar dos tempos gerações surgiram e mudaram as coisas, lutaram por ideais e liberdades, guerras e devastações vieram à tona, e o mundo moderno surgia com intensidade, os EUA entraram em depressão porem conseguiram dar a volta por cima como em todo filme americano, socialismos e fascismos caíram, um novo modelo surgiu, a era do capitalismo vinha para dominar, se antes a igreja dominava mentes e forçava vidas a devoções, o iluminismo e todas as revoluções que trouxeram a “Luz” ao povo para que se liberta-se das garras da diabólica dominação romana, ou então as reformas religiosas que antes prometiam muito se aliaram a essa passagem de iluminados, porem os mesmos iluminados modernos, geraram mais confusões, e como solucionar um novo problema? A, sim, dando lugar definitivamente ao que pode transcender as pessoas e levá-las para o céu, sim, o capitalismo tomaria proporções exorbitantes diante da nova modernidade ou pós- modernidade, os homens passariam a descontrolar e não saber usar o novo sistema que aguçava a ganancia, a partir daí, o homem não conseguiu mais inventar ou se posicionar como antes diante da humanidade, se antes Gandhis e Madre Teresas ainda estavam por aqui, bem Hoje aonde estão os que vão se doar por um povo? As profecias de que o mundo acabaria em 2000 parecem estar se cumprindo, começou a partir de 2000 as novas idéias passageiras, conhecidas como modas rápidas, pois somos exigidos cada vez a dar mais, e a ser mais rápidos, o status e as performances é o que mandam, o dinheiro é o que importa, o quanto vamos ganhar ou possuímos determina quem somos, que historia é essa de caráter? Não caráter é pra fracos, dinheiro é para os bons, a nova religião já havia tomado conta do mundo, o Deus dinheiro já havia dominado 99% do mundo e os tornado egoístas, o que importa? Meu visinho que passa fome? Não! Importa-nos o umbigo sujo!

Tudo isso foi um processo diabólico, que era maior que a igreja católica, ia alem das guerras, ou de reformas, era algo mais sutil do que o próprio dinheiro, vai alem de neopentecostais, e dos próprios status, esta acima das religiões, e de governos, é um espírito diabólico que tomou o coração humano fazendo-o perder a alma, será o orgulho, o egoísmo, o amor ao dinheiro, o status, o carro novo, a casa gigante, a pós modernidade, a religião da grana, as maldições hereditárias, ou os EUA, quem sabe os iluminates? Quem será o culpado? Bem acredito que todos nós sabemos! Pobres canalhas como nós nem merecem ser ouvidos, ainda bem que nos resta fagulhas de amor dos poucos corações de carne que restam pela terra.

3 comentários

Zoeiras.com disse...

OIA EU DE VOLTAAAAAAAAAA!

17 de junho de 2011 11:30
HÉLIO disse...

boa postagem , fizeste uma viajem na linha do tempo ... e fechaste com chave de ouro

parabéns
te segui
segue lá tbm
http://poesiadosol.blogspot.com/

17 de junho de 2011 11:34