Welcome friends from all over the world!
Eu que não quero ficar sentado no trono de um apartamento com a boca escancarada cheia de dentes esperando a morte chegar...

Vírus

terça-feira, 1 de março de 2011

Não é de hoje, nem coisas desse tempo, que vemos injustiça, roubo e abusos vindos dos nobres senhores governantes, as pessoas ( pelo menos 99% delas) sabem e conhecem tudo que acontece em seu bairro, cidade, estado, sabem da corrupção, tem conhecimento que estão sendo exploradas, porem não contem em seu sangue o antídoto para o veneno que as aprisiona.




Sempre existiu entre as gerações aqueles que lutavam por uma transformação social, no Brasil e no mundo, a geração de 70 foi uma das que mais lutou, jovens não tinham medo de enfrentar o governo, não tinham o que perder, o capitalismo não havia dominado por completo a população, o vírus foi se espalhando com o tempo, já nos anos 80 houve uma queda nos números de jovens que não estavam alienados no seu próprio umbigo e nem acomodados com uma ilusão, os anos 90 chegaram incríveis levando a maioria a falecer estando ainda vivos, hoje as crianças já crescem indo para o matadouro, ao nascer lhes é introduzido o vírus letal do capitalismo.



Hoje a religião que impera não é mais aquela que dominava o século XVI, a religião se chama Capitalismo-mercado o Deus é o dinheiro, isso passou a dominar a mente humana de forma tão sutil e devastadora se tornando a pior praga de todos os tempos, sem que ninguém perceba, estão sendo levados por seus próprios desejos egoístas a um eterno abismo sem volta.



Poucos são os remanescentes, e por via das duvidas não podemos generalizar, muito menos nos achar uma raça superior a que esta aprisionada, se somos patifes para vivermos soltos, temos que ser canalhas o suficiente para abrir as grades que os prendem e solta-los sem cobrar nada.

10 comentários

Rubi disse...

A começar pelo design do seu blog que eu ADOREI.

E quanto ao seu texto, diria ser bastante polêmico, o capitalismo nos domina faz tempo.

3 de março de 2011 16:47
MikaelMoraes disse...

caramba mto legal
parabéns... falar o q
nem tem o q dizer
ótimo post
seu blog tmbm é mto bom
bem montado e tal
parabéns novamente
<>
visite-nos e comente tmbm
gostando siga e avise que retribuiremos
se seguir deixe o aviso no comentário
deixando o seu link para retribuirmos
<>
grato
<>
http://mikaelmoraes.blogspot.com

3 de março de 2011 17:04
Manfio disse...

um bom texto, um tema bastante comum e polêmico. muita coisa mudou dos anos 70, 80 e etc para hoje e o capitalismo so está se tornando mais selvagem.

3 de março de 2011 17:06
100% disse...

Ainda vamos tropeçar nas merdas do passado. (capetalisto desumano)

3 de março de 2011 17:09
100% disse...

é o

http://paradigmasuniversal.blogspot.com/

3 de março de 2011 17:10
Rubi disse...

Estou seguindo *--*
Caso puder retribuir, ficarei feliz HAHA

3 de março de 2011 17:21
MikaelMoraes disse...

caramba mto legal
parabéns... falar o q
nem tem o q dizer
ótimo post
seu blog tmbm é mto bom
bem montado e tal
parabéns novamente
<>
visite-nos e comente tmbm
gostando siga e avise que retribuiremos
se seguir deixe o aviso no comentário
deixando o seu link para retribuirmos
<>
grato
<>
http://mikaelmoraes.blogspot.com

3 de março de 2011 17:22
http://ecologiaemeioambiente.blogspot.com/ disse...

Teu blog leva a reflexão, gostei do texto sobre a nova religião (o capitalismo) Parabéns pelo seu blog, tanto pelo layout como pelas postagens. Eu coloquei um Blogroll no meu blog, e todas as pessoas que eu estou seguindo e que estiverem atualizando seu blog, aparecerão na página principal do meu blog, assim eu ajudo a divulgar o trabalho dos blogueiros. Sendo assim eu estou te seguindo, se gostar do meu blog é só me seguir também, abraços. meu blog: http://ecologiaemeioambiente.blogspot.com/

3 de março de 2011 18:55
William disse...

O capitalismo imperialista é cruel e sádico. Isso mesmo, sádico. Eles gostam do que fazem e se divertem da tristeza dos outros.
E ainda desvirtuam o foco das atenções enquanto atacam os outros países.
Estou seguindo teu blog.
Sucesso.
Abraço

22 de março de 2011 16:51

Nossa, que texto forte. Ainda não tinha visto como um vírus, mas vendo por esse lado acredito que a antídoto é mesmo uma revolução social.

22 de março de 2011 18:53